QUEM SÃO OS CAMPEÕES BRASILEIROS DE 2015?

logo

É muito difícil de acreditar, que um país campeão mundial de bodyboarding 32 (trinta e dois) vezes – 8 (oito) títulos no masculino e 24 (vinte quatro) no feminino, na categoria principal – não tenha tido um ano com eventos nacionais. É praticamente impossível pensar, que um país possuidor de um hexacampeão mundial e uma pentacampeã mundial, não tenha realizado em algum ano um circuito brasileiro. É inadmissível aceitarmos, que o “esporte aquático mais vitorioso do Brasil”, deixe de registrar na sua gloriosa trajetória os novos campeões do tradicional e muito disputado, circuito brasileiro.

Pois bem, é isso mesmo que vocês estão lendo. Pela primeira vez na história brasileira do bodyboarding, ficamos um ano sem termos uma etapa de circuito brasileiro e, portanto, não premiamos os campeões nacionais do esporte, e esse ano foi o de “2015”.

É muito triste esse registro negativo, e nós, meros mortais apaixonados pelo esporte, sequer temos o direito de saber o que está acontecendo com nossa maior entidade, a CBRASB (Confederação Brasileira de Bodyboard). O circuito mundial, mesmo com todas as dificuldades econômicas, continua acontecendo, bem como os diversos estaduais, mas o campeonato brasileiro não existiu ano passado.

Para piorar, posso afirmar com todas as letras, que o bodyboarding brasileiro não possui sequer uma fonte de pesquisa na internet sobre sua história detalhada. Não encontramos em lugar algum a lista de todos os campeões brasileiros em todas as categorias. Nosso esporte também não possui, em pleno século XXI e na modernidade, publicação regular impressa e virtual, sobre tudo que está acontecendo dentro e fora dos eventos.

Portanto, meus amigos, se não fosse à garra das nossas meninas, mais precisamente Neymara e Isabela, e do heroísmo do Uri Valadão em 2008, poderíamos estar registrando outra marca negativa do esporte, uma década sem títulos, pois, no masculino, há sete anos não somos campeões do circuito mundial e, dessa forma, nunca mais atingimos o sucesso das décadas de 80 e 90, um reflexo, principalmente, de um esporte sem circuito brasileiro.

Por que estão fazendo isso com o ESPORTE AQUÁTICO MAIS VITORIOSO DO BRASIL? Por onde andam nossos atletas? E nossos dirigentes estaduais? Perdemos nossa capacidade de lutar pelo que amamos?

CAMPEÕES BRASILEIROS PROFISSIONAL MASCULINO

1988 – PAULO ESTEVES 1995 – JEFFERSON ANUTE 2002 – ROBERTO BRUNO 2009 – LEONARDO COSTA
1989 – TÂMEGA 1996 – ANDRÉ L. VERDE 2003 – RB E URI VALADÃO 2010 – LEONARDO COSTA
1990 – PAULO ESTEVES 1997 – JOSÉ OTÁVIO 2004 – ROBERTO BRUNO 2011 – ÉDER LUCIANO
1991 – TÂMEGA 1998 – ROBERTO BRUNO 2005 – URI VALADÃO 2012 – ISRAEL SALAS E LÉO COSTA
1992 – TÂMEGA 1999 – JEFFERSON ANUTE 2006 – URI VALADÃO 2013 – ISRAEL SALAS
1993 – TÂMEGA 2000 – TÂMEGA 2007 – VINÍCIUS DE SOUZA 2014 – ISRAEL SALAS
1994 – TÂMEGA 2001 – ROBERTO BRUNO 2008 – URI VALADÃO 2015 –            ?

CAMPEÃS BRASILEIRAS PROFISSIONAL FEMININO

1988 – MARIANA NOGUEIRA 1995 – SORAIA ROCHA 2002 – JOSELAINE AMORIM 2009 – FABIANA CORRÊA
1989 – ISABELA NOGUEIRA 1996 – BIANCA ANDRADE 2003 – NEYMARA 2010 – ISABELA SOUSA
1990 – STEPHANIE PETTERSEN 1997 – LISSANDRA TUTTY 2004 – NEYMARA 2011 – ISABELA SOUSA
1991 – MARIANA NOGUEIRA 1998 – KARLA COSTA 2005 – NEYMARA 2012 – NEYMARA
1992 – DANIELA FREITAS 1999 – NEYMARA 2006 – NEYMARA 2013 – JÉSSICA BECKER
1993 – MARIANA NOGUEIRA 2000 – NEYMARA 2007 – NEYMARA 2014 – JÉSSICA BECKER
1994 – MARIANA NOGUEIRA 2001 – NEYMARA 2008 – NAARA CAROLYNE 2015 –            ?

 

 

 

2 comentários

  1. Muito bom! E verdadeiro!
    Apesar de entender as dificuldades, não justifica não haver o circuito com 02 ou 03 etapas q seja em nome do esporte.

    Vale lembrar que temos um veiculo virtual Brasileiro *”RIDE IT”* (apesar do nome) que embora suas paginas impressas tenham sido engolidas pela tecnolgia tenta voltar com apoio de nós atletas, ex atletas, familiares, amigos, amantes do esporte em geral, insiste em retornar de forma impressa por nós, por tudo que representamos no pergaminho dessa historia do Bodyboad mundial, resiste ao tempo ainda de forma virtual e é possivel saber o pouco que acontece por lá, isso porque tambem, apesar de relativamente muitos seguidores, usamos pouco, apoiamos e participamos pouco!
    Temos hoje atletas profissionais que lutam como podem e fazem de um todo transformando suas vidas para se manter ligados, vivos e acreditando no esporte. Temos hoje atletas que deveriam ser muito mais reconhecidos pelo que fizeram e alguns ainda fazem pelo esporte.
    Principalmente os que vem praticamente de uma geração com alguns anos na estrada.
    – Mais uma vez repito que entendo as dificuldades, mas hoje nao vejo uma participação ou movinentação tão efetiva dos novos profissionais fora d’água e principalmente tão proxima aos pouco tempo mais antigos profissionais que tem legado e força junto as poucas marcas que ainda investem no esporte.
    Sera que o esporte ou nós estamos formando novos P r o f i s s i o n a i s, na hora certa, na idade certa, com o devido conhecimento, participação e respeito pelo nosso passado ao ponto de lutar pelo resgate, devido a necessidade de voltar a tona que o esporte tem hoje?
    – Mais uma vez repito que entendo as dificuldades, mas tambem vejo um outro lado da moeda não tão longilineo, com os mais jovens e novos talentos somente manobrando bem dentro d’agua mas, que mal falam no microfone quando recebem o trofeu, que mal conhecem o que realmente é o esporte e sequer um pouco da sua historia, historia que nao é tão antiga assim.
    Perguntem ao mais novo profissional ou aquele novinho profissional que acabou de ser campeao qual o papel dele a partir de entao, dentro do esporte tendo em vista todo esse cenario com essa realidade atual.
    Com tudo, e buscando uma ótica macro com os 02 lados da moeda, ate certo ponto critica, que visa tentar uma autocritica a quem esta diretamente ligado ao esporte, acredito em uma possivel virada, principalmente qdo vejo alguns trabalhos e iniciativas com realizaçoes em determinados Estados.
    #VidalongaaoBodyboard

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s