A HISTÓRIA MASTER NO CEARÁ

Marcado por grandes feitos e inúmeras superações, o percurso dos nossos mais antigos competidores também desaguou numa competição diferenciada (como em outros estados), mas que se caracterizou, particularmente, por fazer uma merecida homenagem àquele ídolo que nos deixou precocemente, por ajudar à mãe dele, como também, as principais escolinhas estaduais.   

No início da história competitiva do bodyboarding brasileiro, mais precisamente no primeiro ano da segunda metade da década de oitenta, enquanto os pioneiros atletas do país (cariocas) se destacavam no campeonato mundial que ocorria numa única etapa no Havaí, nossos precursores (Francisco Rosa, Rogério Biola e Bira Teixeira) se sobressaiam na categoria “bodyboard” da etapa nordestina do inaugural circuito da ABRASP (Associação Brasileira de Surf Profissional), o “Fico Surf Festival”, em 1987, proporcionando consequentemente com isso, uma abertura no cenário nacional e grandes resultados no início do circuito da ABRASB (Associação Brasileira de Bodyboarding).

No primeiro ano do campeonato canarinho do nosso desporto (1988), o saudoso cearense Francisco Rosa foi o único “não-carioca” entre os oito melhores do país na principal categoria masculina, situação que voltou a se repetir na segunda edição do certame (1989), mas com outro “monstro” alencarino, o Rogério Biola. No terceiro ano (1990), nossos dois maiores atletas profissionais da época foram mais longe e dividiram com os cariocas as oito primeiras colocações do Brasil (Rosa em 4º e Biola em 6º), enquanto que na amadora, nosso Seikiti Shinmon obteve o sétimo posto, motivos pelos quais, o Estado do Ceará foi considerado a segunda maior força no início da história competitiva do bodyboarding nacional. Além dessas façanhas, Rosa também fez pódio no segundo evento internacional acontecido no país (2º International Bliss Competition/1989) e foi o primeiro “não-carioca” que venceu uma etapa do circuito brasileiro (Guarujá/1990).

Para nossos primeiros dirigentes, Gabriel Mesquita e Paulo de Tarso, as Copas Cavalo Marinho foram as competições realizadas no nosso estado, e em outras duas federações nordestinas (Sergipe e Alagoas), responsáveis pela evolução e grandes resultados dos atletas cearenses naquela época, porque trouxeram para nossas ondas os maiores competidores do país, gerando aqui uma espécie de campeonato nacional paralelo. “A primeira Copa foi uma revolução no esporte a nível local, pois, pela primeira vez, o estado teve um evento grandioso e pôde mostrar seus atletas para o mundo”, disse Gabriel. “Mano”, que também foi o primeiro árbitro oriundo do Nordeste a fazer parte do quadro fixo da primeira entidade nacional, por sua vez, fez a seguinte afirmação: “A primeira Copa foi um marco na história estadual do esporte.” A vitória do Melk Lopes na primeira etapa de circuito mundial realizada no Brasil (Guarujá/1995) – no mesmo ano da última Copa – e o primeiro título brasileiro profissional de um nordestino alcançado por aquele que foi patrocinado pela primeira vez pela referida marca (Roberto Bruno), foram outros grandes exemplos que fundamentaram essa tese.

DSC_4192

O primeiro campeão master que tivemos foi Ériko Vasconcelos, no sétimo circuito estadual (1994), numa final que também envolveu Carlos Ezequiel, Raul Oliveira (Cavalo Marinho) e Roger Vitor. Com o enfraquecimento do esporte na década de noventa (motivada principalmente por uma crise econômica), e a defunção precoce do Francisco Rosa no primeiro ano do decênio seguinte, muitos dos nossos mais antigos atletas perderam o estimulo, se afastaram por diversos motivos, outros se aposentaram definitivamente das competições, mas um encontro três anos atrás mudou completamente o quadro.

O “1º Encontro da Geração Morey Boogie” aconteceu no dia 13 (treze) de fevereiro de 2016 (dois mil e dezesseis), na Praia de Iracema (berço do bodyboarding cearense), e objetivou reunir a maioria desses maduros competidores alencarinos para que tivéssemos acesso aos seus respectivos arquivos pessoais e, executássemos assim, o projeto de construir toda a história do bodyboarding estadual, algo que de fato aconteceu através deste site. Após uma segunda reunião desse grupo, na forma de competição (2º Encontro da Geração Morey Boogie), e o retorno de alguns ex-atletas, como, por exemplo, Gustavo Tavares (campeão nordestino 1995), Graziela Monteiro (campeã cearense 1987), Ana Cristina (campeã cearense 1989), Adriano Monteiro e Rafael Moraes (campeão cearense master 2005), o grande Paulo de Tarso, o “Mano” – que desde a morte de “Lio” tinha a pretensão de homenageá-lo – criou o “Circuito Master Vip Francisco Rosa”, que provocou a volta de vários outros ex-competidores, como, por exemplo, Ériko Vasconcelos (campeão cearense master 1994), Juan Garcia (campeão cearense amador 1998), Rafaela Frota (bicampeã cearense 90/92), Marlus Joca (campeão nordestino amador 1992), Pedro Cabral e Ronaldo “Cebola”.

DSC_9354 DSC_9540

Após os bicampeonatos do Alberto Colares e Graziela Monteiro nas respectivas categorias dos quarentões (2017 e 2018), além do único título lendário alcançado por minha pessoa (2018), ou seja, o sucesso das duas primeiras edições do “master cearense” que também resgatou muitos ex-atletas, ajudou a mãe do homenageado (com doações em dinheiro) e as principais escolinhas do nosso estado (com doações em equipamentos), certame vai para seu terceiro ano com muitas incrementações, inclusive, aumento da organização, entretanto, as outras novidades (não menos importantes) só serão conhecidas na noite de amanhã, a partir das 19h, num workshop que acontecerá no auditório do Centro Cultural Belchior, situado no calçadão da orla da Praia de Iracema, vizinho ao antigo “Cais Bar”. Abertura será com a nutricionista Thaís Nobre e encontro também terá a cobertura deste site.

Fotografia de capa: Basílio Bosque Ruy

Outras fotografias: Marley Araújo

Colaboração: Luís Benício (“Abobrinha”)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s