FIM DA LINHA

Após semanas mergulhado nas introspecções, seguindo sugestão do colunista “Mestre dos Palanques” Amadeu Júnior, venho publicamente comunicar que este será o último ano deste site.

Como informado acima, decisão foi tomada depois de dezenas de dias de reflexões, para que não me restasse nenhuma dúvida, e minha saúde, minha necessária mínima qualidade de vida, falou mais alto, teve peso dois.

O professor Samuel Oliveira (produtor textual na área de reumatologia), num artigo denominado “Aspecto Emocional da Espondilite Anquilosante” (espondilitebrasil.com.br), mostra, com bastante propriedade, as consequências das emoções no organismo do espondilítico. “É evidente aos reumatologistas que a piora emocional do portador prejudica, inclusive, as respostas terapêuticas, podendo ser precursora de agravamento nas dores e inflamações.” Diante disso, e da certeza que atual e demorada crise inflamatória começou no ano de minha estreia nas competições (2017), os recentes respingos de soberba de algumas “estrelas do passado” acabaram se tornando o estopim para uma mudança de ciclo pessoal. Ou seja, descobri (na prática) que competição não é sinônimo de saúde para um espondilitico e que, por isso, não me resta outra alternativa, senão, a de me jogar por completo no “freesurf”.

É claro que a construção da história esportiva me deu inúmeras alegrias, e que, meu único título, o primeiro lendário de todos, foi um sonho realizado. Também foi imenso o prazer de julgar e de fotografar em cima do palanque. Apesar de ter “pulado de paraquedas” na parte competitiva do bodyboarding cearense (como bem me lembraram recentemente), mesmo tendo iniciado no esporte na mesma década de todos os pioneiros, tive o prazer de saborear tudo de bom que esse lado oferece, inclusive, grandes amizades e pessoas incríveis.

Como não sou proprietário da história do bodyboarding cearense, sugiro que baixem o que for possível do site, já que, a partir do próximo ano, ele se transformará numa enciclopédia, literalmente.

Por fim, só tenho a agradecer muito por tudo e agradecer muito a todos (sem exceção).

Fotografia: Noeme Cristina.

Um comentário

  1. Bob marley meu irmão amado, não entendi porra nenhuma de respingos de soberba, mas entendi que vc não está bem fisicamente, irmão o mais importante deste site desde o começo é vc, sua alegria, sua felicidade, sua maneira bem particular de fazer as coisas com muito amor, cara te admiro demais, e agora mais ainda, topa uma relação a três?? Kkkkkkkkkkk irmão seja feliz isso é o que importa!!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s